Kinematix- Entrevista a Vasco Vasconcelos, European Marketing & Sales Manager

A Kinematix, start up portuguesa sediada no Porto e especializada no desenvolvimento de dispositivos eletrónicos, que monitorizam os movimentos do corpo humano, foi uma das cinco finalistas da WT Wearable Technologies Innovation World Cup 2016, na categoria Sports&Fitness.

Kinematix

MDR: Depois de Movinsense e WalkinSense, orientados para a indústria médica, a Kinematix lança agora o dispositivo Tune, para desportistas. A que se deveu esta alteração de estratégia do mercado da indústria médica para a do Desporto e, especificamente, dos wearables?

VV: O mercado dos “medical devices” é muito duro para start-ups: muito protegido, com grandes barreiras à entrada e implica muitos recursos financeiros. Por isso, há cerca de um ano, a Kinematix tomou a opção estratégica de aplicar o conhecimento adquirido em termos de biomecânica, sensorização e movimento do corpo humano – nomeadamente dos membros inferiores – em tecnologias aplicáveis a mais pessoas. O desporto, nomeadamente a corrida, é um mercado óbvio para nós, pois já tínhamos experiência adquirida com alguns clubes e atletas de futebol e rugby.

MDR: Quais os reais benefícios do Tune, nomeado gadget do mês de Fevereiro, pela publicação Wearable Technology?

VV: Inicialmente, ficámos espantados e intrigados com a quantidade de tecnologias disponíveis para corredores – mobile apps, smartwatches – sendo que nenhum deles analisa os pés. Os pés são o interface natural do corpo com o chão. O nosso objectivo é permitir aos corredores o acesso a informação qualitativa (não apenas quantitativa) e fiável a corredores e treinadores, profissionais ou recreacionais. Os parâmetros monitorizados pelo TUNE (ground contact time, heel contact time, heel-striking e simetria), todos reconhecidos pelos treinadores como fundamentais na melhoria da técnica da corrida, melhoria de resultados e prevenção de lesões, aos quais normalmente só teriam acesso em laboratórios e ambientes controlados. De certa forma, tornamos visível o que normalmente é invisível para o corredor, permitindo-o conhecer a sua técnica de corrida e como a melhorar. Assim, os treinadores e corredores podem ter acesso em tempo real a toda informação, num contexto de treino habitual, podendo ainda, a posteriori analisar os relatórios gerados, cruzando dados, estabelecendo comparativos, histórico de evolução, etc. Por outro lado, a app do TUNE combina os dados do perfil pessoal do corredor (altura, peso, idade, sexo, objectivos) com a informação obtida dos sensores embebidos nas palmilhas, fazendo um diagnóstico que dará origem a planos de treino completamente customizados, com exercícios prescritos para melhorar a técnica do corredor em questão.

MDR: Em que canais (online/offline) e países estão a ser comercializados, atualmente, os vossos dispositivos?

VV: O TUNE estará disponível no mercado a partir de Junho deste ano, no nosso website, em www.kinematix.pt

MDR: Foi referido que seguem uma estratégia de pocket multinational, ou seja, uma empresa pequena pode operar e competir a nível global. Na sua opinião, quais os pontos fortes internos, que vos permitem concorrer a esta escala global, alcançando vantagem competitiva?

VV: Diria que a qualidade, multidisciplinaridade, paixão e comprometimento de todos os colaboradores da Kinematix. Portugal tem profissionais de excelência, que em nada ficam atrás de países normalmente vistos como potências mundiais. “Basta” combinar a qualidade e competência técnicas de portugueses e algumas outras nacionalidades da forma certa e, claro, dar-lhes condições, liberdade e responsabilidade para concretizarem todo o seu potencial. Para mais, como a Kinematix controla internamente todos os aspetos técnicos e tecnológicos associados aos sistemas que desenvolve e comercializa, hardware, firmware e software, o que não é nada comum numa startup, tem um leque de soluções mais alargado para cada problema, em termos tecnológicos, de custo e consequentemente de preço. Ou seja, faz mais, melhor e com melhor margem, o que é uma vantagem competitiva essencial para competir internacionalmente.

Informação adicional sobre a Kinematix

Os seus produtos beneficiam de tecnologia inercial avançada, sensores de pressão, firmware e software de análise sofisticados, por forma a medir e reportar informação essencial em tempo real, através de comunicação wireless. As tecnologias da Kinematix têm como público-alvo as indústrias médica e desportiva (diabetes, osteoartrite, AVC, disfunções musculo-esqueletais e lesões ortopédicas). Sediada em Portugal, a Kinematix tem ainda subsidiárias nos Estados Unidos (Austin, Texas).

About marketingdigitalretalho@portugalmail.pt 18 Articles
Inovação ... Paixão ... Responsabilidade ... são os meus valores fundamentais… O enorme apetite por inovação e comunicação, combinado com a experiência no setor do retalho, conduziu-me à especialização em marketing e, actualmente, em marketing digital. No meu blog, escrevo sobre o que me apaixona: Marketing Digital, Marcas, Retalho, Moda e Tecnologia. (Especialidades: Marketing Digital, Marketing de Retalho, Social Media, SEO Copywriting, Key Account management B2B). https://pt.linkedin.com/in/anacanavarro

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*